CONTRAC´S aponta dura rotina das camareiras no setor hoteleiro e discute formação de lideranças



A CONTRAC´S promoveu em Natal (RN), numa parceria com a AFL-CIO e com os sindicatos dos hoteleiros de Natal, Mossoró e com o Sintrahoteleiros Zona Sul, a 9ª Oficina das Camareiras, atividade que tem como objetivo traçar um diagnóstico das condições de trabalho no setor. Durante o dia, as trabalhadoras puderam falar sobre jornadas exaustivas, falta de condições dignas de descanso e a exploração à qual são submetidas no ambiente de trabalho. Para a diretora de Programas do Solidarity Central AFL-CIO, Jana Silverman, o cenário é de grandes obstáculos, mas também muito estimulante para promover transformações. “Ficamos felizes em ver muitas mulheres já ativas no sindicato, mas assustadas em ver que muitas delas limpam até 35 quartos por dia e não têm um lugar salubre sequer para fazer as refeições. Ficamos chocadas, mas também motivadas para fazer uma ação conjunta, cientes de que qualquer mudança depende de ações que fortaleçam a base”, apontou. Na avalição do secretário de Relações Internacionais da Contracs, Alci Matos Araújo, o diagnóstico é fundamental para que os sindicatos possam avançar junto com as demandas das trabalhadoras. “Realizamos mais uma oficina que confirma nosso propósito de ajusta o sindicato às reivindicações e necessidades das categorias que representam, produzindo formação e ajudando a conscientizar também sobre questões que estão diretamente ligadas à exploração da classe trabalhadora, como as questões de raça e gênero. Nosso papel agora será construir um documento que produza políticas práticas para essa categoria e ajuda a mudar o local de trabalho, fortalecendo os dirigentes e possibilitando o surgimento de novas referências que representem bem essas trabalhadoras”, disse. (FONTE: CONTRAC´S)

03/06/2019